O Lado Bom da Vida – Matthew Quick

Faz tanto tempo que não escrevo resenha de livros que nem lembro mais como se faz isso! haha Pois é… vocês nem acreditam quanto tempo eu fiquei com esse livro na cabeceira para terminar. Na verdade, ao certo nem eu sei, mas acredito que mais de 4 meses. Aham, também choquei. Não estava muito no clima de nada. Mas enfim, finalmente terminei e vamos lá falar sobre ele! :)


Editora: Intrínseca
Ano: 2012
Páginas: 256
Categoria: Ficção Americana
Título Original: The Silver Linings Playbook

Minha Avaliação: 3 (Bom!)
Avaliação no Skoob: 4.1 (em 28/11/14)




Pat People está nesse momento com a vida toda virada de cabeça para baixo e ele nem suspeita de nada. A única coisa que ele sabe é que passou um tempinho em uma clínica psiquiátrica e que está separado de sua mulher temporariamente. O que ele quer agora é mudar completamente, porque sabe que não foi um marido ideal, então começa a ler os livros que Nikki comentava, a praticar falas educadas e ver tudo pelo lado bom da vida. Isso tudo para, quando voltar com Nikki, ela perceber o quanto ele mudou realmente, e para melhor.
Claro que há muito mais história por trás disso, e a gente só vai desvendar lá pelo meio/final do livro, o que eu já adianto que a primeira parte foi a que eu mais enrolei. Sendo bem sincera estava achando um saco. Sabe a sensação de estar lendo páginas e páginas mais do mesmo? Mas bingo! É exatamente essa sensação que o Pat tem, porque ele desconfia de todos estarem escondendo algo dele, e sua mente sempre na mesma, sem lembrar de nada. Eu queria saber o que tinha acontecido da mesma forma que Pat também queria! Um show do escritor, mas isso eu só percebi depois que já tinha terminado o livro.. Então a dica que eu tenho para quem ainda não se aventurou nessa história é para ler já esperando isso. Mergulhe no personagem, sinta o que ele sente, queira logo chegar no meio do livro que aí é vapt vupt pro final.
Depois que Pat sai da clínica volta a morar com os pais. A mãe está toda carinhosa e cuidadosa, já o pai nem fala com ele e sempre se tranca em seu escritório. Pat tem poucos amigos. Nessa acaba conhecendo Tiffany que também é julgada como louca por ter feito muitas besteiras depois que seu marido morreu. Aliás, Tiffany parece não deixar Pat em paz, o seguindo sempre em suas corridas pelas redondezas sem dizer uma palavra.
Como a história se passa na Filadélfia, Pensilvânia, nada mais justo que Pat, seu pai e seu irmão Jake sejam alucinados pelo Philadelphia Eagles (time de futebol americano da cidade que disputa a NFL) o que os acabam juntando cada dia mais. Gente, sei de tudo sobre os Eagles agora. Sei até o grito de guerra. Ahhhhhhhhhhhhhh! (…) Então né… foco Thay, foco.
Brincadeiras à parte, mesmo os Eagles sendo super importantes para Pat, ele se vê em uma decisão difícil: deixar de ir aos jogos para se dedicar a uma apresentação de dança ou continuar indo e perder a única chance de entrar em contato com Nikki.
Daí chega a parte mais legal da história que eu menos posso falar pra vocês. Então os curiosos de plantão tem que ler o livro, ou ver o filme que eu estou louquinha para ver já. Tenho a sensação que vai ser bem mais emocionante. rs
Que tal ver o trailer aí embaixo?
(Para quem não quer saber muito porque quer ler o livro sugiro não ver o trailer porque ele mostra tudo que eu não quis dizer para vocês! hahaha Spoilers Spoilers!!)
      
   Para se Inspirar:

Você precisa saber que são suas ações que fazem de você uma boa pessoa, não sua vontade.


Mas me dei conta de que ninguém realmente deu valor a Hester até que fosse tarde demais. No momento em que ela mais precisava de ajuda, foi abandonada, e somente quando ofereceu ajuda aos outros foi amada. Isso meio que sugere que é importante dar valor às boas mulheres em nossa vida antes que seja tarde demais.


Às vezes as pessoas dizem e fazem o que pensam que os outros desejam que elas digam e façam. 


Permita que ela consiga o que quer, e talvez depois de um tempo ela não queira mais. 


A vida é dura, e os jovens têm de saber o quão difícil ela pode ser […] para que sejam solidários. Para que compreendam que algumas pessoas têm mais dificuldades do que eles e que uma passagem por este mundo pode ser uma experiência totalmente diferente, dependendo de quais substâncias químicas estão ativas na mente de um indivíduo.


Finalmente entrar em contato com você é como chegar ao fim de uma longa viagem de carro e perceber que fui para o lugar errado  que de algum modo acabei no passado, no porto de origem, em vez de no cais de destino.


A vida não é um filme de censura livre para fazer com que a pessoa se sinta bem. Muitas vezes a vida real acaba mal […] e a literatura tenta documentar essa realidade, mostrando-nos que ainda é possível suportá-la com nobreza.


Talvez meu filme não tenha acabado – digo, porque às vezes os cineastas enganam o público com um falso final ruim, e bem quando você acha que o filme vai acabar mal, algo dramático acontece, o que leva ao final feliz.


Livros / Autores: A letra escarlate, de Nathaniel Hawthorne / O grande Gatsby, de F. Scott Fitzgerald / A redoma de vidro, de Sylvia Plath / Adeus às armas, de Ernest Hemingway / As aventuras de Huckleberry Finn, de Mark Twain / O apanhador no campo de centeio, de J. D. Salinger / Tabela de nuvens do observador do céu (Guia do observador de nuvens, de Gavin Pretor-Pinney).  

Músicas: Songbird, de Kenny G / Pathétique, sonata para piano número 8, de Bethoven, parte do segundo movimento, Adagio Cantabile / Gonna Fly Now, de Bill Conti / Total Eclipse Of The Heart, de Bonnie Tyler.

Produtos / Marcas: Stomach Master 6.000 / BMW prateado / Jornal Courier Post / The Philadelphia Inquirer / Yuengling Langer / Palmtops / Sedã vermelho / Sax Soprano / Bud (Budweiser) / India Pale Ale / Camisa social da Gap / Jaqueta vermelha / Coors Light / Lingerie Victoria’s Secret / Longo cachecol listrado de verde e branco.

Estabelecimentos / Lojas: Big Foods / Crystal Lake Diner / New York Palace / Wachovia Center (Wells Fargo Center) / Escola de música Juilliard / Hotel Plaza / Pat’s (+) / Geno’s Steaks (-) / Cherry Hill Mall / Universidade La Salle / Hospital Germantown / Voorhees House / Hotel Rittenhouse / Country Club de Glenmont / Hospital West Jersey / Lincoln Financial Field / The Gallery / Aquário de Camden / Martha’s Vineyard / Cape Cod / Camden Yards
Para saber mais sobre os itens acima, clique nos nomes.
Para ouvir a playlist no Grooveshark clique aqui.

Vamos as fotos do livro:

Espero que tenham gostado da dica, é um livro que vale a pena quando lido até o final. Super reflexivo. Quem já leu me conte nos comentários o que achou. E quem só viu o filme também. ;)
Um beijo.

Anúncios

Um comentário sobre “O Lado Bom da Vida – Matthew Quick

  1. Pingback: O Circo da Noite – Erin Morgenstern | Leitora na moda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s