Objetos Cortantes – Gillian Flynn

Resenha Frases e Fotos - Livro Objetos Cortantes - Gillian Flynn - Blog Leitora na Moda
Editora: Intrínseca
Ano: 2015
Páginas: 256
Categoria: Romance Americano
Título Original: Sharp Objects

Minha Avaliação: 5 (Ótimo!)
Avaliação no Skoob hoje: 4.1

 

Gillian Flynn – a autora do livro – é jornalista e aproveitou seu conhecimento para criar uma personagem com a mesma profissão: Camille Preaker que trabalha no quarto maior jornal de Chicago, o Daily Post; e está numa situação precária tanto no trabalho quanto na vida.

Seu chefe, Frank Curry, vê uma oportunidade para o jornal nos acontecimentos de uma cidadezinha, onde duas garotinhas desapareceram e uma foi encontrada estrangulada e sem os dentes. Certamente, para ele, seria uma matéria que renderia prêmios para o veículo, então decide mandar Camille para lá. Porém, Wind Gap é o último lugar que ela gostaria de ir, pois foi onde nasceu e passou toda a sua infância e adolescência conturbadas. Para começar, sua mãe a odeia. Foi lá que também perdeu sua irmã mais nova e entrou em depressão. Uma coisa é certa, voltar para lá seria o caos.

Mas ela foi.

Camille já começa sua investigação visitando o lugar em que a primeira menina foi encontrada sem vida, ouve opiniões e as gravam para sua futura matéria. Para dar um gostinho da confusão que vem pele frente, me dou ao direito de contar que ela se envolve mais do que gostaria com o detetive do caso, fica hospedada na casa da sua mãe e tem que aguentar seu padrasto e meia irmã no alto da revolta adolescente.

Quanto mais Camille se envolve com os assassinatos, mais mexe com seu emocional, o que provavelmente não é uma boa ideia para uma recém saída de um hospital psiquiátrico.

Objetos cortantes contará para você, em primeira pessoa, a estória de uma mulher que tem tendência à automutilação, ao prazer de deixar em seu corpo palavras cicatrizadas que ardem e pulsam.

Esse livro não é sobre o que as pessoas fazem com as outras, é o que as pessoas fazem consigo mesmas, e o porquê que as levam a fazer barbaridades do tipo.

Tudo tem uma razão de existir.

E esse livro é uma delas.


Para se Inspirar:

Problemas sempre começam muito antes de você realmente, realmente vê-los. (p.65)

Em inglês a depressão é chamada de blues, mas eu ficaria feliz em despertar para um mundo azulado. Para mim a depressão é amarelo-urina. Quilômetros exaustos de mijo fraco. (p.68)

Curry gosta de dizer que repórteres são como vampiros. Não podem entrar em sua casa sem seu convite, mas, uma vez do lado de dentro, você não consegue expulsá-los até que tenham sugado todo o seu sangue. (p.107)

Eu podia sentir meus membros se soltando, flutuando à minha volta como restos de um naufrágio em um lago oleoso. (p.113)

Gosto de riscar os dias no calendário — cento e cinquenta e um dias riscados e nada realmente horrível aconteceu. Cento e cinquenta e dois e o mundo não está destruído. Cento e cinquenta e três e eu não destruí ninguém. Cento e cinquenta e quatro e ninguém realmente me odeia. Às vezes penso que nunca me sentirei segura até poder contar meus últimos dias em uma das mãos. Mais três dias a suportar até não precisar mais me preocupar com a vida. (p.118)

Algumas vezes, se você deixa as pessoas fazerem coisas a você, na verdade você está fazendo a elas. (p.186)

Sempre acreditei que a sobriedade cristalina era para os de coração duro. (p.209-210)

Quando uma criança sabe, tão jovem, que sua mãe não se importa com ela, coisas ruins acontecem. (p.239)

Uma criança criada com veneno considera dor um consolo. (p.251)

Livros / Autores: Uma dobra no tempo, de Madeleine L’Engle / Contos dos Irmãos Grimm.

Filmes: Amigas para sempre.

Programas / TV: Série Os Pioneiros.

Músicas / Cantores / Bandas: Be Not Afraid / Carole King / Carly Simon.

Produtos / Marcas: suéter vermelho-berrante / sapatos Hush Puppies / Daily Post / licor Chambord framboesa / Bourbon / revista Redbook / gim-tônica seco / buick azul / refrigerante de cereja / blusa azul cerúleo / amaretto sour / Sprite / laço azul claro / sutiãs push-up / suéter azul / tênis com cadarços azuis brilhantes / caderno espiralado com um unicórnio na capa / chicletes Juicy Fruit /  wine cooler / refrigerante de morango / Wild Turkey / Chicago Tribune / cadernos com espiral em capas verdes brilhantes / pulseira com pingente de amuletos / Gin Rickey / Gap / Trans Am da GM / colar de contas de madeira com um grande coração vermelho no centro / sofá da Pottery Barn / queijo Gruyère / edredom de seda rosa / perfume Drakkar Noir e Giorgio / pequeno anel de ouro com um peridoto verde-claro / Bloody Mary / sabonete de hortelã / terninho amarelo St. John.

Para saber mais sobre os itens acima, clique nos nomes em destaque.
Para ouvir a playlist no Grooveshark clique aqui.


 

Resenha Frases e Fotos - Livro Objetos Cortantes - Gillian Flynn - Blog Leitora na Moda - 1 Resenha Frases e Fotos - Livro Objetos Cortantes - Gillian Flynn - Blog Leitora na Moda - 2 Resenha Frases e Fotos - Livro Objetos Cortantes - Gillian Flynn - Blog Leitora na Moda - 3 Resenha Frases e Fotos - Livro Objetos Cortantes - Gillian Flynn - Blog Leitora na Moda - 4 Resenha Frases e Fotos - Livro Objetos Cortantes - Gillian Flynn - Blog Leitora na Moda - 5 Resenha Frases e Fotos - Livro Objetos Cortantes - Gillian Flynn - Blog Leitora na Moda - 6

Postado Por Thay Rocha - Blog Leitora na Moda

Anúncios

Um comentário sobre “Objetos Cortantes – Gillian Flynn

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s