Diário de Viagem: Pucón – Chile (parte 2)

Gente, vamos continuar com a minha maravilhosa viagem para Pucón! Caso ainda não tenha visto os outros posts do Chile, clique aqui para ler sobre Santiago e aqui sobre os dois primeiros dias que passei em Pucón.

5º Dia

Demorei para acordar porque não tínhamos nada programado. Sinceramente foi chato e sem muitas emoções. Eu não estava me sentindo muito bem nesse dia.

Resolvemos ir almoçar e acabamos escolhendo um lugar de fast food, comi um hambúrguer maravilhoso e tomei meu suquinho de laranja, embora não tenha sido do natural.

Depois fui numa lojinha que vende doce e comprei uma tortinha de doce de leite. Voltamos para o hostel e acabei adormecendo por um bom tempo, não estava afim de fazer nada não.

Como eu estava um pouco para baixo, não queria fazer nada, mas meu namorado acabou me convencendo de ir jantar. Fomos para um restaurante chamado Leu-Leu e eu comi spaghetti ao molho branco. Até que estava gostoso, mas nada demais. Só tinha refrigerante para beber, então pedi um Sprite!

Passeamos um pouco pela cidade, tiramos algumas fotos e fomos em uma feirinha de artesanato. Depois voltamos para hostel e dormimos.

O dia não foi nada produtivo para mim, mas pelo menos eu estava em Pucón, né? Haha

2015-02-08 16.59.43

2015-02-08 18.55.26

2015-02-08 16.33.04

2015-02-08 01.00.31

IMG_3579

IMG_3586

IMG_3600

IMG_3621

IMG_3622

IMG_3666

6º Dia

Vou dizer que esse dia foi muito especial e ao mesmo tempo triste. Foi o último dia em Púcon e sinto muita falta desse lugar lindo que vou guardar no coração com muito carinho.

Acordamos cedo para fazer o checkout no hostel e ir para as águas termais em Trancura que é uma companhia de turismo. Esperamos um pouco o ônibus e partimos para lá.

Estava muito frio e não achei as águas termais nada demais. Tudo foi elaborado e arquitetado e nada era natural, a não ser a água que eles filtravam para essas termas.

Só consegui ficar no máximo meia hora e sai morrendo de frio. haha Meu cabelo ficou super macio com essa água, adorei. Tomamos um banho quentinho e depois aproveitei o tempo para tirar algumas fotos com a minha cunhada! Íamos almoçar por lá, mas estava muito cheio. Decidimos então voltar para Pucón e fomos almoçar de novo no restaurante Senzo que é maravilhoso, como já disse no outro post, mas acabei comendo a mesma coisa da outra vez.

Depois do almoço eu queria voltar para o hostel e descansar um pouco, mas meu namorado insistiu para irmos andar até o deck onde tem o rio e alguns barcos para navegar. Sério gente, a vista é de tirar o fôlego!

De repente ele me mostra um anel e me pede em noivado! Quase chorei de felicidade!! Era tudo que eu queria ouvir a viagem toda. O anel é muito bonito e representa o mundo que vamos conhecer juntos. É um anel de prata que envolve a Pedra Azul originária de Pucón.

Ficamos um pouco por lá admirando a vista e namorando. Haha

Fizemos hora para poder pegar o ônibus de volta para Santiago às 22h30. Estava tão feliz que nem reparei o tempo longo de oito horas da viagem!

IMG_3701

IMG_3749

IMG_3756

IMG_3758

IMG_3766

IMG_3768

IMG_3807

IMG_3813

IMG_3815

IMG_3846

IMG_3812

IMG_3869

IMG_3895

IMG_3912

IMG_3924

IMG_3940

IMG_3991

IMG_3996

IMG_4031

IMG_4034

IMG_4060

IMG_4081

IMG_4083

IMG_4098

7º Dia

Chegamos em Santiago por volta das 8h40. Descemos do ônibus, pegamos nossas malas e deixamos na custódia da própria rodoviária. Depois fomos num barzinho alí mesmo para tomar um café da manhã. Eu pedi café com leite e comi uma Meia Lua que é tipo um croissant doce. Ficamos um pouco lá pensando no que iríamos fazer e decidimos conhecer outro bairro chamado Providência. Pegamos o metrô, até que não foi difícil, tinha um mapa explicando todas as linhas.

Lá vimos algumas farmácias e percebemos que estávamos perto do Shopping Costanera e fomos até lá. O shopping é gigantesco. Marcamos a hora do almoço com os homens e nós mulheres fomos ver as lojas. As principais foram H&M, Zara, Falabella, mas foi na Forever 21 que gastei meu dinheiro em bijuterias para dar de presente. Além disso, experimentei um blazer preto que ficou muito confortável em mim e comprei. Almoçamos no McDonald’s, passamos lá na rodoviária de novo para pegar as malas e fomos para o aeroporto. Tive a impressão que o voo de volta para o Brasil foi mais rápido do que a ida, mas na verdade foi mesmo. A ida são quatro horas e meia de duração e a volta apenas quatro.

O bom de toda viagem é saber que podemos sempre voltar para nossa terrinha maravilhosa!

Eu gostei muito da viagem e com certeza vou voltar para Pucón várias vezes, pois é um lugar que vale muito a pena!

E vocês, já foram lá? Se não, deu vontade de conhecer?

Beijos, beijos.

Até próximo post.

Anúncios

Um comentário sobre “Diário de Viagem: Pucón – Chile (parte 2)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s