Livro: Se Eu Ficar – Gayle Forman

SE_EU_FICAR_1404309893BSe imagine nessa situação: você está em uma viagem de carro com a sua família, de repente acontece um acidente e todos morrem, menos você.

Pois é. Melhor nem imaginar, mas é isso que acontece com a personagem principal dessa narrativa. Mia está entre a vida e a morte e deve decidir se fica ou não.

Não é nenhum spoiler, isso acontece logo no início e a estória se passa a partir daí. Mia é a própria narradora.

Vamos conhecer mais dos personagens.

Mia é uma adolescente amante de música clássica, o que é o oposto dos pais que adoram rock. Então pode esperar por muitas citações de músicas e bandas nesses estilos. Quando pequena se interessou por violoncelo e eles apesar de não entenderem o gosto da filha, sempre a apoiaram. Ela tem um irmão mais novo chamado Teddy e seu sobrenome é implicância. Todos amam café (segredo: para o Teddy sem cafeína) e em datas especiais (ou não) adoram comer panquecas no café da manhã .

O livro intercala presente e passado. Quem não gosta desse tipo de narrativa vai achar um pouco arrastado, mas é compreensível já que o livro começa com um fato dominante, e é necessário explicar e cativar o público com seus personagens que mal foram apresentados. Assim conhecemos outros familiares de Mia, seus amigos e principalmente seu namorado Adam, integrante de uma banda de rock.

O livro em si não nos traz um final prolongado, pelo menos não qual o leitor espera, e é por isso que você vai ficar curiosa para ler logo o segundo volume intitulado Para Onde Ela Foi. Dica: vem com o primeiro capítulo no final.

Editora: Novo Conceito Ano: 2014 Páginas: 224
 Categoria: Ficção norte-americana.

Se Eu Ficar foi adaptado para o cinema e você pode conferir os trailers oficiais abaixo: (e também pode ler uma entrevista no próprio livro com a atriz que interpreta a Mia, Chloë Grace Moretz).


Para se Inspirar:

As pessoas chamavam a minha mãe de vaca com frequência, provavelmente porque ela tinha dificuldades de segurar a língua e conseguia ser brutalmente grosseira quando discordava de alguém. Minha mãe explodia feito uma tempestade de verão, e depois se acalmava. De qualquer modo, ela não se importava que as pessoas a chamassem de vaca. – É só um jeito diferente de me chamar de feminista – dizia ela com orgulho. (p.61)

Bem, eu queria morar em Nova York e ter pais normais. Mas é como dizem por aí: “Não se pode ter tudo o que se quer”. (p.97)

Percebo agora que morrer é fácil. Viver é que é difícil. (p.145)

Às vezes você faz escolhas na vida e outras, as escolhas vêm até você. (p.159)

O quase não importa. É preciso encarar a situação real, do jeito que ela se apresenta no momento presente. (p.162)

[…] tive a sensação de que eu estava caminhando sobre uma areia movediça e que se desse mais um passo não haveria como me livrar dela e então, me afogaria de vez. (p.166-167)

Todo relacionamento tem suas dificuldades. Assim como a música, às vezes se tem harmonia e outras, cacofonia. (p.174)

Música: Suítes, de Bach e Shostakovich / Alice Cooper / Ramones / NPR / Frank Sinatra / Jonathan Richman / Sonata para violoncelo n°3, de Beethoven / Sonata de Vivaldi / Valsa da fada lilás e Pezzo capriccioso, de Tchaikovsky / Le gran tango e Andante con poco e moto, de Yo-Yo Ma / Cavalgada das valquírias ou As quatro estações, de Wagner / Coltrane / The mission, de Ennio Morricone / Debbie Harry / Kathleen Hannah / Patti Smith / Joan Jett / Courtney Love / Lucinda Willians / Kim Gordam, da banda Sonic Youth / Cat Power / Joan Armatrading / Velvet underground / Weezer / Something in the way, do Nirvana / Girlfriend in a coma, dos Smiths / Enya / Melvins / Earth / Wind Beneath my wings / Amazing Grace / Three little birds, do Bob Marley / The Mr. T Experience / P.s. you rock my world, da Eels / Réquiem, de Mozart / Fire and rain, de James Taylor / Rat Pack / Blondie / The Clash / Wipers.

Livros: O sol é para todos, de Harper Lee / A escolha de sofia, de William Styron / O mágico de oz, de L. Frank Baum / O grande gatsby, de F. Scott Fitzgerald / Charlotte’s web, de E.B. White / O senhor das moscas, de William Golding.

Filmes: American pie / Ghost / A felicidade não se compra / O fugitivo.

Produto: Skittles.


Postado Por Thay Rocha - Blog Leitora na Moda

Anúncios

2 comentários sobre “Livro: Se Eu Ficar – Gayle Forman

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s