Meu cronograma capilar. O que é e o que eu uso?

Olá, leitoras? Tudo ok?

Vim compartilhar com vocês algumas técnicas que estou usando para deixar meus cabelos mais saudáveis. Parei de fazer qualquer tipo de alisamento, tem pelo menos dois anos, e apenas continuei pintando, fiquei ruiva por uns três anos. Hoje ainda estou, um ruivo bem desbotado, mas vou dizer adeus. Foi uma escolha difícil, mas o ruivo é realmente uma cor ingrata e eu cansei de manter a cor. Vou voltar para minha cor real que é castanho. Não pretendo tão cedo pintá-lo novamente de outra cor, como disse estou buscando um cabelo saudável agora.

Quando eu era pequena, até uns 13 anos meu cabelo era lisão, pintei de preto e ele nunca mais foi o mesmo, mas acredito que tenha sido os hormônios mesmo. Depois fui refém de escova, depois chapinha e depois aquelas escovas marroquinas, de chocolate, e por aí vai que iam lançando. Quando eu resolvi parar de alisar foi quando percebi que meu cabelo estava feio e danificado demais por causa de muita química. Em janeiro de 2014 foi a última vez que fiz uma dessas escovas no salão. A partir daí fui reparando que meu cabelo começou a tomar forma, mas não aquele cabelo cheio de adolescente, e sim um liso ondulado, apenas MUITO ressecado por causa da tinta e sem tratamento algum. Na foto abaixo vocês podem perceber como ele ficou após um ano sem alisamento, foi em janeiro de 2015.

1538655_951740054836222_3973033290702304797_n

No final do ano passado resolvi aderir ao cronograma capilar para restaurar ele bem. Mas escolhi acabar com os produtos que tinha em casa antes de começar para valer. E o dia chegou, comecei ontem.

Mas afinal, o que é cronograma capilar?

Como o nome já diz é um cronograma que você faz de acordo com o estado do seu cabelo. Ele sempre terá três tipos de máscaras para usar. Hidratação (que repõem a água do cabelo), Nutrição (que repõem a oleosidade) e Restauração (que repõem massa e queratina), e você vai passando no cabelo por um intervalo de pelo menos 48h. Eu vou começar o cronograma para cabelos muito danificados e depois de seis meses vou passar para o de pouco danificados e finalmente para o de cabelos saudáveis. Se vocês quiserem fazer também, tem que ter em mente qual é o estado do seu cabelo, pois não precisa fazer todos, se o seu estiver pouco danificado já começa no cronograma para cabelos pouco danificados e assim por diante.

Meu cronograma

Depois de pesquisar muito, escolhi esse cronograma, vocês podem segui-lo também se quiserem:

 

Cronograma para cabelos muito danificados:
1ª semana: Hidratação, Nutrição e Reconstrução
2ª semana: Nutrição, Hidratação e Nutrição
3ª semana: Hidratação, Nutrição e Reconstrução
4ª semana: Hidratação e Nutrição

 

Cronograma para cabelos pouco danificados:
1ª semana: Hidratação e Nutrição
2ª semana: Hidratação e Hidratação
3ª semana: Hidratação e Nutrição
4ª semana: Hidratação e Reconstrução

 

Cronograma para cabelos saudáveis:
1ª semana: Hidratação e Nutrição
2ª semana: Hidratação
3ª semana: Hidratação e Nutrição
4ª semana: Hidratação e Reconstrução

 

Quais produtos eu uso?

Comecei junto com esse cronograma o No/Low Poo que é outro assunto para outro post, então tive que escolher produtos que fossem liberados para a técnica. A sorte é que as marcas estão mais atentas a essa nova modalidade e estão lançando produtos específicos. A Inoar é uma delas e lançou ano passado na Beauty Fair a linha Doctor. Ela que escolhi, exatamente por ser completa e ter um preço bacana, comprei na Beleza na Web por R$107,70 um shampoo (de 250ml), e as três máscaras (de 450g cada).

Cronograma capilar Blog Leitora na Moda Inoar Doctor

Vocês que não tem restrição podem escolher qualquer tipo de máscaras, contanto que cada uma delas seja dessas especificações de hidratação, nutrição e reconstrução, e isso você pode ver na própria embalagem mesmo.

Caso não esteja bem especificado, vocês podem se guiar pelos componentes da fórmula. Pesquisei e nas máscaras de hidratação podem conter: frutas; glicerina ou glicerina vegetal; extratos botânicos; pantenol; vitaminas; aloe vera; chocolate; mel; sacarose ou derivados do açúcar; e proteínas hidrolizadas. Nas máscaras de nutrição: óleos vegetais, como óleo de abacate, azeite de oliva, óleo de coco, óleo de rícino, óleo de semente de uva, óleo de jojoba e óleo de ojon; manteigas, como manteiga de karité, manteiga de cupuaçu, manteiga de abacate, manteiga de murumuru e ceras vegetais. E nas máscaras de reconstrução, queratina e seus aminoácidos; cisteina; serina; prolina; argilina e colágeno.

Mudança de hábito

Também mudei um pouco a alimentação, pois essas máscaras só agem externamente e para o cabelo nascer saudável temos que ingerir alimentos que façam bem para ele. Introduzi muito mais no cardápio os seguintes alimentos:

Abacate; Abóbora; Azeite de oliva; Brócolis; Cacau; Carne magra; Cenoura; Cereais integrais, como arroz e aveia; Chia; Chocolate amargo; Ervilha; Feijões; Folhas verde-escuras, como espinafre e couve; Frutas cítricas ricas em vitamina C, como limão, laranja e tangerina; Frutos do mar, como salmão e ostras; Gelatina sem sabor; Iogurte desnatado; Laticínios, como leite; Lentilha; Mamão; Manga; Mocotó; Morangos; Nozes; Ovo; Repolho; Soja e Tomate.

 E então, gostaram? Vão aderir ao cronograma comigo?

Simbora tratar dos cabelitios!!!

Beijos!!:*

Postado Por Thay Rocha - Blog Leitora na Moda

 

 

Anúncios

2 comentários sobre “Meu cronograma capilar. O que é e o que eu uso?

  1. Meu cabelo já passou por várias transformações, mas não sei se abriria mão da escova progressiva. Já tive cabelo castanho (natural e pintado), preto, loiro e atualmente tenho um vermelho intenso que só é possível notar na luz do sol, mas meu sonho mesmo é ter o ruivo acobreado (natural). Por que falam tão mal dele hein? É difícil de cuidar?
    Gostei desse tratamento.

    Curtir

    • Não é que falam mal, mas é uma cor que dá trabalho manter.

      1 – No início é difícil pegar a cor, e acertar o tom que você quer é muuuuuito mais difícil kkk
      2 – É lindo e maravilhoso nos primeiros dias depois da pintura, mas após a primeira lavagem já começa a desbotar
      3 – a raiz grita logo no início do crescimento e tem que balancear a tinta entre raiz e comprimento já tingido para não manchar, ruivo mancha muito fácil
      4 – tintas boas que pegam a cor bem e que são bonitas, são as profissionais e as mais caras kkk
      5 – Por causa disso tudo a manutenção é cara demais
      6 – e outras coisas com certeza, mas que provavelmente não estou lembrando agora

      Mas é uma cor linda! Eu amo e continuaria se não tivesse me cansado e pesado no bolso no momento. rsrsrs

      Beijos :*

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s